domingo, 30 de agosto de 2009

Jornalista sem diploma?




Estava navegando na Blogosfera e encontrei um post interessante em determinado Blog.
A autora do Blog postou sua visão acerca da queda de diplomas para jornalistas.
Veja abaixo o post de minha colega blogueira.


Vale mais um pedaço de papel ou 4 anos de estudo?
Essa choradeira de jornalistas sobre o fim da obrigatoriedade do diploma de jornalismo já está cansando. Na internet tem gente dizendo que vai rasgar o diploma, que a faculdade não serviu para nada, que qualquer um poderá fazer jornalismo (como se isso fosse ruim), que quer o dinheiro de volta, e por aí vai.
Eu respeito quem acredita que o diploma deveria ser obrigatório. O que irrita é ver pessoas inteligentes colocando seus 4 anos de faculdade numa peça de papel.
Quem faz a faculdade é o aluno. Os anos de graduação deveriam servir para estudar, experimentar, redigir, propor boas matérias, discutir ética, manipulação. E o diploma, em si, é só um detalhe. Se você aproveitou a faculdade, na hora de competir por uma vaga, com ou sem diploma, você vai poder se sobressair.
Simples assim.

Eu deixei um comentário no post.
Segue abaixo o comentário.


Não é bem assim meu amor. Eu fiz um semestre inteiro de jornalismo, mas decidi sair e encarar a faculdade de Letras. Com certeza a faculdade vale muito, pois lá o acadêmico pode errar, recebe conselhos e conhecimentos dos professores, discute As Teorias do Jornalismo, Sociologia da Comunicação, aprender sobre o Lead. O profissional entra no mercado pronto para agir. Mas agora, com a queda do diploma, a profissão teve uma grande desvalorizada, não existe mais a classe dos jornalistas, eles não podem mais ter sindicatos e muito menos lutar por seus direitos, não podem nem mesmo lutar por um piso mínimo justo, pois como eu disse não existe mais a classe dos jornalistas, como existe a dos médicos, engenheiros e professores. Muitos pensam que as empresas vão preferir um jornalista formado do que um sem diploma e é ai que enganam-se, não sei se você sabe mais existem os padrinhos. Imagine que você seja uma jornalista formada e vai procurar emprego em uma empresa, sua concorrente nem ao menos tem diploma, mas tem um tio, um primo, um pai na empresa. Quem vai conseguir a vaga? Ela. A queda do diploma quebrou com o jornalista. Eu apoio os protestos, reivindicações até o fim e isso não é nenhum exagero.

12 comentários:

britneyspears disse...

Muito legau ...

robsonnascimento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
FábioZen e Débora disse...

Acredito mais no potencial e capacidade de uma pessoa que seu diploma.Tanto que existem maus profissionais aos montes formados por ai...

Vini e Carol disse...

Cara, vou ser curto e direto.
Se esses estudantes estão com MEDO, é pq não são tudo isso que acham que são!
O que faz um profissional não é a faculdade! A faculdade é apenas a BASE, o que faz alguém ser ou não bom no meio jornalistico é seu dinâmismo e capacidade de interação.

Se eles estão com medo de perder suas vagas nas áreas que estudam, que mudem de curso!

E que vença o melhor.

Abraço.

Breno disse...

Discuti muito esse assunto com meus alunos. Atualmente, pensa-se em fazer faculdade para trabalhar numa determinada área no futuro. Errado. O objetivo da Universidade é a vida; nela, aprendemos, amadurecemos, crescemos como pessoa porque conhecemos um mundo novo à nossa frente, algo que nunca imaginaríamos que um dia fosse existir.

Os que pensam unicamente no fator monetário, perdem essa oportunidade. É como uma criança que não quer crescer, um Peter Pan que nega a si próprio a ordem natural das coisas.

Jefferson Reis disse...

Galera, apenas respeitem os que lutam pela classe. Isso ja ajuda bastante. Obrigado!

Pâmzinha disse...

Tirar diploma é errado. Ter um diploma nas mãos, para mim, é ter o seu esforço reconhecido !

Felipe disse...

q

Nova Quahog disse...

VALE O TALENTO EU ACHO...NAO IMPORTA DIPLOMA!

kikinhah disse...

Eu acho que vai abrir muito espaço e dar oportunidades para quem tem vocação e não tem condições de bancar uma faculdade.
Em contrapartida...
Acho que vai aparecer muitos jaks hahaha
Jack que não serve pra nada vai ser jornalista.
É uma faca de dois gumes.
Mas vamos ver no que vai dar.

1 Lênin 1 Blog! disse...

essa coisa da faculdade de jornalismo
ainda vão ter muito o que falar =s
mas a respeito ao seu template eu particuçarmenmte não gosto muito do preto, mas CONCERTEZA muita genti gosta desse visual e vão gostar do seu blog, que ta bem legal =)
abraço!

B disse...

Eu faço faculdade de jornalismo em uma das melhores instituições do pais. O meu curso está em 4º na colocação dos cursos de jornalismo. Puc campinas, caso queria saber.
E posso falar? E na minha turma tem aproximadamente 150 alunos, é um pouco menos que isso, e a faculdade oferece 150 vagas.
Você acha mesmo que vai mudar alguma coisa? Alguem ter diploma ou não? Não me faça rir, por favor.
Você acha mesmo que um idiota qualquer que não teve preparação tecnica vai conseguir escrever um texto jornalistico adeguado ??? HAHAHAHA desculpa mas eu tenho que rir. Só a quantidade de aula que eu tenho sobre isso é enorme. A teoria extensa. Tudo é minimamente visto e estudado.

Antes de entrar pra faculdade, eu escrevia, e era considerada pelo professor de redação e pelos meus amigos como uma boa escritora.
Na faculdade aprendi que eu não sei escrever noticias ou reportagens. E que não é simplismente um tema qualquer sobre o qual eu vou escrever. A preparação até o texto é gigante e trabalhosa.
Alguem sem o preparo adeguado não vai alcançar os niveis exigidos.
Deixem que tentem, no final, vai dar tudo no mesmo. E acho que até é bom a queda do diploma. Liverdade de expressão!!!!!! A população não vai ficar restrita ao caderno opinião. Mas também não sera contratada.

Você não deveria ter largado a faculdade de jornal só por isso. É uma traição ao curso!