sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Ego


Paranoia. Disturbio. Anormalidade mental. Ser sem espírito, sem o sopro de vida, preso em melancolia. Confusão corre em suas veias e a dúvida é sua essência. Preso em seu mundo besta. Vê um Fusca e imagina um besouro gigante, ou seria um elefante?
Não sabe ser, muito menos estar, só resta-lhe o falhar. Falhar. Falhar. Por que falha tanto? Erra, erra novamente. Chega!

3 comentários:

Cássio Caetano disse...

"Falhar. Falhar. Por que falha tanto?"

Os erros que prejudicam apenas a si mesmo, na minha opinião, são essenciais. Mas será mesmo que os errantes estão prejudicando apenas a si mesmos?

O errar perdeu muito o seu sentido. Pra mim, errar poderia ser sinônimo de perseverança, mas não é bem assim. Errar está sendo sinônimo de lágrimas e mortes...

Adorei seu Blog! Bjs, cara.

Ailton Sobrinho disse...

Esta é a face negra da vida... Infelizmente, o sol não brilha com a mesma intensidade todos os dias... Parabéns pelo texto-reflexão, pela alma que fala... Falhar/FALAR... Às vezes, as falhas acontecem porque falamos demais...

Paula Abreu disse...

OMG, qe lindo isso. adorei rapaz *.*