sábado, 20 de março de 2010

Ocultos podem ser heróis.





Agora tenho 19 anos, sou um adulto. Devo confessar que, sou um adulto perdido. Não digo perdido na vida, por enquanto não. Estou perdido dentro de mim. Essa não é aquela velha história de solidão, melancolia e rebeldia adolescente, as coisas mudaram. As coisas mudaram e agora me sinto bem mesmo quando me sinto mal. Tenho necessidade de crescer.
Não idealizarei mais o futuro. Não vou fazer planos obscuros. Viverei, simplesmente e convincentemente. Não preciso ser adulto, muito menos maduro. O que eu preciso é ser feliz. Uma hora o espírito cansa das mesmas ilusões. Então estou eu aqui e agora, desfazendo laços e antigas alianças.
Eu descobri que o meu tesouro sempre esteve comigo. E mesmo sendo pouco para uns, nada para outros, sou muito para mim mesmo. Estarei sozinho em algum lugar? Estarei sem ninguém para conversar? Estarei no frio? Não sei. Só sei que estarei diferente e bem mais forte.
Não acredito que alguém possa me amar. Não acredito que alguém um dia vai me desejar. Não acredito que um dia irei fazer alguém feliz. Não acredito que um dia terei alguém para conversar e secar as minhas lágrimas. Mas em uma coisa eu acredito. Não devo deixar de lutar, para um dia acreditar.
Lembrança de um momento vago e profundo.
Memórias de um homem ímpar.

3 comentários:

Gaby Nunes :] disse...

É,a partir dos 18 a vida muda!
Liindo posst *------*

.2 Bjs

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

É a partir dos 18 anos que conhecemos a realidade que nos circunda!

Jeff disse...

Vc jah descobriu o maior dos segredos sobre o "crescer"... e não planejar ou idealizar o melhor destino... e sim, apenas vive-lo da melhor forma.. a forma q te faça feliz ^^