segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Garotos Podres



Capítulo Um : Fim de Férias

Quando o despertador tocou aquela manhã, parecia que eu tinha acabado de dormir. Levantei e caminhei até o banheiro, mais parecendo um zumbi que um garoto. Olhei-me no espelho. Que horror! Minha pele estava mais branca do que nunca e havia uma mancha roxa de noites mal dormidas em volta dos meus olhos castanhos. E com razão, eu tinha passado todo o tempo das férias preso em meu quarto, ouvindo minhas músicas e navegando na internet. Em nenhum dia fui dormir antes das quatro da manhã. Quase quebrei o espelho quando lembrei que estava prestes a voltar às aulas. Por que as férias acabam?
Foi com tristeza que abri a porta do quarto e caminhei até a cozinha. A Letícia estava lá. Comia uma maçã fazendo um ruído horrível:
_ Oi Maninho! Que cara horrível. Não esta feliz com o primeiro dia de aula? _ Provocou ela.
_ Mesmo se eu estivesse. Não estaria mais. Quem é que pode ter um dia feliz se logo de manhã da de cara com você?
_ Haha! Muito engraçado.
Letícia tinha 15 anos, ia para o segundo ano do ensino médio. Eu, Cássio, só tinha 14 e ainda ia para o primeiro. Não é que eu não gostasse dela, mais não nos dávamos bem. Ela sempre tinha algo a reclamar sobre mim, era chata até demais e entrava em meu quarto sem bater. Eu só escondia as coisas dela por causa disso. Ela sempre dizia que eu parecia um vampiro de tão pálido, com coisa que ela era toda bronzeada. Eu dizia que ela era um bolinho de chuva. Ela não chegava a ser gorda só era um pouco cheinha. Os cabelos pretos e lisos. Ponto pra ela, os meus eram castanho desbotado e nunca paravam no lugar.
_ Cadê a mãe? _ Perguntei.
_ Serve esta atrás de você?
Virei e vi uma mulher louca, Sara. Sempre apressada e procurando alguma coisa. Vestia sua habitual roupa social. Os cabelos louros e extremamente cacheados presos em rabo de cavalo. Ergueu um pires que havia na prateleira e virou seus olhos verdes penetrantes em direção minha e de Letícia.
_ Alguém viu minhas chaves? Eu jurava que estavam aqui.
_ Bom Dia mãe! _ eu disse retorcendo a boca.
Letícia parou de mastigar a nojenta maçã:
_ Não vi nada.
_ Droga! Por que elas somem todos os dias? Justo hoje que começam as aulas de vocês.
Santa paciência. Peguei uma torrada, passei geléia e fui pegar minhas coisas no quarto. Antes de virar no corredor gritei.
_ A senhora já olhou em sua bolsa?
Minha mãe pegou uma bolsinha preta que carregava no ombro, abriu e tirou de dentro um molho com 147 chaves. Depois disse sorrindo.
_ Encontrei!



Coloquei meu All Star mais velho e desbotado, minha camiseta preta do Nirvana e já estava pronto. Peguei minha mochila e fui direto para o carro. Minha mãe demorou quase meia hora para sair. Ela era jornalista e estava sempre apressada. Sabia coisas sobre política e até mesmo conflitos religiosos, mas ficava confusa se alguém perguntava se ela tinha almoçado. Quando finalmente apareceu foi a vez de Letícia aborrecer-me. Ela quase entrou no autóvel quando lembrou que não havia passado não sei o que no olho, acho que meus ouvidos entenderam a palavra himel. Voltou correndo para casa mais parou no meio do caminho e retornou ao carro.
_ Esqueci que coloquei o himel na bolsa.
Minha mãe arrancou com o carro:
_ Não vou deixar que cheguem atrasados no primeiro dia de aula.
_ Pra quê? Se nos outros iremos chegar sempre tarde?_ indaguei.
_ Não vão não_foi só o que minha mãe respondeu.
_ Ain! Não acredito_ exclamou Letícia em tom choroso, espalhando milhares de objetos de sua bolsa no banco traseiro do carro_ Não acredito que esqueci de colocar o himel na bolsa.


O carro parou bruscamente na frente do colégio. Eu desci de lá e gritei um tchau pra minha mãe, mas ela já havia sumido, assim como Letícia. Olhei para o prédio à minha frente. Vi diversos rostos sorridentes, alguns conhecidos, outros nunca vistos. O som de excitamento provocou-me enjoo. Suspirei e sai em direção ao prédio. “ Bem Vindo Cássio, a mais um ano neste colégio maldito” ..continua...

Jefferson Reis

18 comentários:

Habib Sarquis disse...

Legalzinho o texto. Espero a continuação.

Blog: Cultura Dinâmica - www.culturadinamica.wordpress.com

Anderson Cavalcanti disse...

hahahah

legal!

parabéns
e sucesso com o blog!

blog do et disse...

é um gadget simples,
funciona assim ele "rastreia" automaticamente os comentários,
e cria um ranking,
com o perfil do espelho de farsas tem vários coments já.
abraço

Felipe Stuart disse...

V A I ..... E .... M 3 V


. (PENSAMENTOS)

. O
. O
. O
. O

Daniel A. S. disse...

Gostei do texto, você escreve bem, até lembrei da época em que era estudande e vivia essa rotina...

http://daniel.a.s.zip.net

; Dαieh # disse...

Adoro quando você começa com suas histórias. ODEIO quando você não as termina!

essa vai pra frente!
IUEIYRIUWEREOIEOEIEOIEOEI

. saudades das nossas conversas!
beegs ;*

Cristiano Contreiras disse...

Olha Jeff, se me permite dizer: seu blog tem uma boa dose criativa, é simples, direto, objetivo, voce expressa muito de sua intimidade, pensamento e dia-dia...é bem seu cotidiano, gosto de blog assim, você proporciona um bom blog! por isso, quero te linkar ao meu, já sou seu novo seguidor, ok?

virei sempre que puder! abraço

Vini e Carol disse...

É ruim quando tudo nos aborrece, e o pior é que parece que fazem de tudo para nos aborrecer, não é mesmo?

E o AllStar é feio pra caramba! kkk.
Abraço.

Breno disse...

concorso com o all star
sim e você se expressa muito bem....hehehe

Suicida Medroso disse...

sabe que eu comento no teu blog né percero??
ahiushaiushaiushaius
boom post

abraçoos

http://www.suicidamedroso.blogspot.com/
comenta?

iMarty Turbo disse...

o texto está ótimo , você que escreveu? muito bom msm...vou voltar mais vezes para ler...



www.imarty.tk
www.imartyturbo.tk

Inez disse...

Gostei muito do seu texto, além de bem escrito a história tem lógica e me fez lembrar o tempo que eu trabalhava em colégio os alunos chegando no primeiro dia de aula.

Yaiá ; disse...

to seguindo '

LK Chaves disse...

Sinto que o mesmo acontece comigo, só tem uma diferença... Eu estaciono o carro e vou dar aula, para alunos que simplesmente não se importam em aprender =/

Sucesso com o blog, adorei o texto, criativo bem escrito! Quero a continuação...

bjos
http://chat-bar.blogspot.com/

Nocivo disse...

De início tomei receio de continuar a leitura pois, decerto, iria me identificar com as dificuldades de fim de férias (seja quais forem) e me desanimaria. Contudo, a escrita é bastante leve e agradável, pena que estou com trauma desses "continua" rsrs. Parabéns pelo texto!

Ah, estou te seguindo também.

Nocivo

Átila Lopes disse...

Olá Cara você postou em meu blog, respondendo depois de séculos depois a sua pergunta...sou jornalista sim...abrços!

A vida me ensinou disse...

Diéf, adorei o seu blog!
vs é mt criativo, amei!

Phellipe salaroli disse...

Muito legal o texto, deixou um gosto de quero mais.! Aguardande pt2